Singtel Singapore Grand Prix 2009 – Pontuação

Após mais uma corrida de Fórmula 1 chega a altura de analisar quem esteve bem e quem esteve mal na noite de Singapura. Na altura de colocar os pontos nos “is” foi Hamilton quem esteve extremamente bem, Button fez apenas o necessário, e Alguersuari que nunca encontrou o ritmo, não só nesta corrida como também desde que chegou à Hungria…

Sem mais demoras eis as pontuações da corrida de ontem:

Lewis Hamilton: O fim-de-semana não começou bem, pois o carro nunca respondeu, mas o trabalho da equipa na noite de Sexta que colocou o McLaren no topo nos treinos, e depois na qualificação, desta vez com uma mãozinha de Barrichello. Na corrida foi perfeito, e nem um problema no KERS e as pressões de Vettel o colocaram em baixo. Nota 10.

Timo Glock: Nos treinos a Toyota não fez nada de especial, e isso reflectiu-se nas suas performances, mas a maneira como se superiorizou a Trulli com um carro lentíssimo foi brilhante, numa altura em que a base de Colónia está sob pressão da administração. Logo, este pódio não só o ajuda a ele como ao moral da equipa inteira! Nota 9 (demasiado ajudado por erros dos outros).

Fernando Alonso: Quando a Renault mais precisava esteve de volta o piloto que ganhou os campeonatos de 2005 e 2006. Foi absolutamente brilhante na largada, mas pecou por ser demasiado agressivo nas voltas seguintes. Apesar de alguma ajuda, mereceu mais este pódio que a vitória do ano passado… Nota 9.

Sebastian Vettel: Seria o provável vencedor da corrida, mas o acidente de Barrichello complicou-lhe a vida, e depois a sua estratégia era a mais desadequada não conseguindo a vital passagem a Hamilton. No seu lado fica a recuperação de um “drive-through” por um problema no limitador e um espelho retrovisor pouco cooperante… Nota 8.

Jenson Button: Foi patético na qualificação e na partida ao ver que Barrichello nunca conseguiria marcar muito mais que dois pontos não correu riscos e arrastou-se pela grelha… Depois contou com o azar no pit stop de Barrichello e uma estratégia mais bem adaptada para acabar na frente de Rubens. Nota 6.

Rubens Barrichello: O brasileiro fez o possível, mas finalmente teve que trocar a caixa de velocidades e caiu para uma posição em que a sua estratégia era péssima! Não pôde fazer muito na corrida e o motor morreu no último pit stop, mas sem aquele erro na classificação… Nota 7.

Heikki Kovalainen: Na qualificação tinha a desculpa de não ter tido tempo, mas na corrida perdeu de imediato posições para os Brawn quando tinha KERS (tal como em Monza), e nem com grandes falhas de outros conseguiu ir além de 7º enquanto o seu companheiro ganhou… Nota 5.

Robert Kubica: O polaco sofreu com o carro, e as melhorias da BMW não se revelaram tão eficazes como o previsto, vendo-se forçado a aguentar Nakajima e Raikkonen no final da corrida. Nota 6.

Kazuki Nakajima: O japonês voltou a não pontuar, e nem com algumas falhas de outros pilotos conseguiu chegar aos pontos num fim-de-semana em que a Williams esteve bem… E, acabou mais perto de Raikkonen que de Kubica. Nota 4.

Kimi Raikkonen: O finlandês viu-se confrontado com um carro fraquíssimo que nem para os pontos pareceu ser candidato. Defendeu-se com pouco ânimo dos carros do meio do pelotão, e fez apenas o suficiente baixando o preço do seu contracto para a Ferrari! Nota 6.

Nico Rosberg: O alemão merecia muito mais neste fim-de-semana e foi cruel o modo como perdeu o pódio. Aquele erro foi um pouco estúpido, mas no resto do fim-de-semana foi soberbo e merece um carro ganhador para 2010. Nota 8.

Jarno Trulli: O italiano foi patético durante toda a prova enquanto o seu companheiro deu que falar. Deverá ser a sua última temporada, porque está sem mercado nenhum… Nota 3.

Giancarlo Fisichella: O italiano tinha mais uma corrida de adaptação, mas numa altura em que o F60 era um carro de meio do pelotão não podia ter feito muito mais, mas tal como sempre perdeu o ânimo por completo perante dificuldades… Nota 5.

Vitantonio Liuzzi: O que se passou?! Depois de ter deixado no ar que merecia uma oportunidade de continuar a correr na F1 em Monza, foi uma sombra de si mesmo em Singapura, não reagindo bem ao facto de o Force India ter voltado ao fundo da grelha. Nota 4.

Jaime Alguersuari: Mais uma corrida em que mostrou que apenas permanece na categoria graças à condição de jovem espanhol do programa Red Bull… Na minha opinião teve grandes culpas no incidente Sutil X Heidfeld pois seguia 2s mais lento que Raikkonen, e este já não ia propriamente depressa! Nota 2.

Sebastien Buemi: Voltou a mostrar os níveis vistos no início do ano perante a melhoria da Toro Rosso (ou terá sido a descida da Force India?), e parecia ir terminar no Top Ten antes dos travões lhe acabarem a corrida. Se Loeb substituir alguém em Abu Dhabi, torna-se óbvio: não será ele! Nota 6.

Mark Webber: O australiano tinham uma missão simples: acabar na frente de Vettel e Button para mostrar que ainda poderia ser campeão. Mas uma má partida e travões com problemas relegaram-no ao papel (agora oficial) de ajudante de Sebastian… Nota 4.

Adrian Sutil: O alemão sofreu uma quebra psicológica após se ter dado conta que o VJM-02 já não era o mesmo de Monza, e na corrida era óbvio que se estava a enfurecer com Alguersuari, pois o espanhol não o deixava passar e isso levou-o a cometer o erro de querer voltar de imediato acabando com a sua corrida e a de Heidfeld. Nota 4.

Nick Heidfeld: Depois de lhe terem “roubado” o lugar que tinha na Q3, era claro que estava apenas a fazer uma autêntica sessão de testes. Mesmo assim não desistiu e foi a determinação (ou será casmurrice) de Sutil a atirá-lo para fora… Os insultos que fez ao alemão tinha uma óbvia razão de ser: um fim-de-semana para esquecer! Nota 5 (pela performance na qualificação).

Romain Grosjean: Mais um fim-de-semana para esquecer com o franco-suíço a ter sofrido de uma indisposição e a estranha decisão de não o substituir foi desastrosa! Ainda bateu Liuzzi, mas isso não é um feito, e desistiu após 5 voltas… Mesmo doente, há que lembrar que Hamilton acabou em 2º em Valência (2008) com uma febre. Nota 1.

Leia também:
Gran Premio Santander d’Italia 2009 – Pontuação
ING Belgian Grand Prix 2009 – Pontuação
Telefónica Grand Prix of Europe 2009 – Pontuação

Post anterior: Singtel Singapore Grand Prix 2009 – Corrida

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: