Já chega não acham?!

Estive recentemente a comentar alguns artigos, quando pela quinquagésima vez, vejo mais uma publicação sobre uma possível ida de Valentino Rossi e Sebastien Loeb para a F1… Mas, por amor de Deus, não acham que já chega?!

Primeiro começou tudo com os testes do Rossi na Ferrari há alguns anos atrás, nos quais se começou a dizer que o italiano estava a pouco tempo do recorde de Schumacher e que iria para a equipa oficial juntamente com Raikkonen para 2009. Valentino disse que estava 100% concentrado nas motas, e que era tarde demais.

Mesmo assim, a imprensa insistiu que, desse por onde desse, aquele tipo tinha que ir para a Scuderia! O mais recente episódio foi a ideia de ser o italiano a substituir Schumacher para o lugar de Massa, culminando com o próprio a afirmar que tinha sido convidado mas tinha dito que não.

Começaram logo 1001 comentários sobre Rossi estar a perder uma grande oportunidade, e que deveria ter ido de cabeça para a iniciativa, no entanto Valentino não estava a ser parvo nenhum: estava a ser inteligente…

Alguma vez na vida, o italiano deitaria para o lixo todo o trabalho que tem feito este ano para conquistar o título na MotoGP, para ingressar numa categoria desconhecida, num carro e equipa igualmente desconhecidos? O italiano não se quer “queimar”, pois todos vimos o que aconteceu a Luca Badoer!

O mesmo se pode aplicar a Loeb. O francês fez alguns testes com a Red Bull em Silverstone, e começaram os rumores… Agora, todos tomam por garantido que ele irá pilotar um Toro Rosso no Abu Dhabi! A Citroen afirma que ele está livre de pilotar na F1, para a prova final.

Aqui, o penta-campeão dos ralis não está a ser tão cerebral como Rossi. Numa altura em que está atrás do rival, após mais uma derrota na Austrália, o seu “exílio” para a F1 poderia ser interpretado como uma fuga, um admissão de derrota… Se não fizesse bem na prova final do campeonato então, a sua reputação porderia ir por água abaixo!

Mas o que os motiva a quererem ingressar para a F1, e o que motiva a imprensa a colocá-los lá? Simples: a ideia de que sem passar pela F1 um piloto não é talentoso… Apesar de, tenho que ser honesto, não achar piada nem às motos nem ao WRC, respeito Loeb e Rossi porque os considero os melhores num mundo tão ou mais complicado que a F1.

Creio, por isso, que nos deixemos de magicar numa ida para este desporto, quando já estão bem estabelecidos e com uma reputação mundial de invejar, a fazerem aquilo que sempre fizeram, que é, o que sabem fazer melhor.

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: