ING Belgian Grand Prix 2009 – Qualificação

Foto: F1 Fanatic

Imprevisível ao máximo, a qualificação para o GP da Bélgica foi carregado de expectativa. A pole position de Giancarlo Fisichella foi absolutamente imprevista, pois assim que o italiano fez aquele tempo, achámos logo que Trulli e Barrichello acabariam por batê-lo. Mas, incrivelmente nenhum dos dois o superou, o que para Rubens é péssimo: estava mais leve que Giancarlo…

O companheiro de “Físico” ficou na Q2, mas mesmo assim comprovou a boa forma dos Force India ao ficar perto do companheiro nessa sessão, e batendo alguns dos nomes que se apostaram para a pole.

Foto: GP Update

Numa altura em que nos preocupamos em saber se Toyota e BMW estarão no grid de 2010 (se bem que a BMW terá outro nome…) ambas as marcas conseguiram brilhar e recuperar o ritmo evidenciado no início do ano (Toyota) e de 2008 (BMW). Trulli e Heidfeld deverão conseguir terminar na frente de Fisichella, com os seus companheiros a terem boas perspectivas de pontos.

Após a recuperação em Valência, a Brawn esteve patética, em especial com Button. Após uma reacção irritada, quando na 5ª feira lhe perguntaram se queria mesmo o título, Jenson voltou a desapontar, e pela primeira vez este ano ficou na Q2… O seu companheiro, apesar de ter chegado a 4º, tinha menos gasolina que Fisichella, ou seja: os BGP001 nem chegam ao ritmo dos VJM-02…

Foto: GP Update

Após terem evidenciado ritmos fortes nas últimas corridas deste ano, a Ferrari e a McLaren não estiveram como o esperado. Apesar de não tão maus como os britânicos, os lados da Scuderia apenas chegaram à Q3 com Raikkonen, e o finlandês é chamado de “Mestre de Spa”… No entanto, a estratégia deverá colocá-lo na luta pela vitória.

Badoer voltou a ficar em último, saindo de pista na última tentativa, danificando o carro. Provavelmente a sua última corrida na F1… Apesar da promessa dos treinos livres, a McLaren lutou só para sair da Q1, com os MP4-24 a não estarem no nível visto em Valência.

Foto: Motorsport

Depois de não terem pontuado no GP europeu, esperava-se uma resposta (digna desse nome) em Spa. No entanto, mais problemas de motor, desta vez para Webber, colocaram-nos no final da Q3… As curvas de alta velocidade, levaram a equipa a colocar o “bico” mais estreito de novo (ver foto acima). A Williams foi só contrastes com Nico Rosberg, bem cheio e no último lugar da Q3, a poder ter chances de pódio. Nakajima confirmou o péssimo andamento da manhã, batendo apenas Grosjean e Badoer, o que, diga-se de passagem, é muito pouco…

Uma descida de performance colocou um fim, aos sonhos da Renault, com Alonso na Q2 (nunca andou bem durante o fim-de-semana), e Grosjean ficou muito aquém do ritmo da manhã, batendo apenas Badoer, que é mesmo que ficar em último! A Toro Rosso não melhorou muito, mas os erros e falhas técnicas dos outros afastaram-nos um pouco do fim da grelha.

Foto: Motosport

Nota final também para a mensagem dos adeptos para a Ferrari na foto abaixo: “A minha avó é mais rápida do que o Luca [Badoer] com um Ferrari”. Depois a aparece a nota: “Vergonhoso!”

Foto: GP UpdateFoto: GP Update

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: