Movimentos das novas equipas

As equipas que se vão estrear em 2010 no campeonato têm dado muito que falar devido aos rumores que levantaram desde que a FIA as considerou finalistas da lista das três novas equipas.

O casamento anunciado entre os dois americanos USF1 e YouTube foi consumado, será que o de De la Rosa e Campos Meta 1 seguirá o mesmo caminho? E quem pilotará o 2º carro? Nem a própria equipa parece saber, já que colocaram estas perguntas na página do Facebook

Enfim, a única certeza que temos é que o YouTube vai mesmo passar para patrocinador da equipa oficial dos EUA. No entanto isto vai ter repercussões na maneira como Bernie Ecclestone passar a lidar com a equipa americana, já que o britânico não é a favor de vídeos de F1 no YouTube.

Pois é, em vez de deixar os adeptos ajudarem a popularidade da competição propagar-se, o patrão da FOM elimina a torto e a direito todos os vídeos de transmissões de F1, mesmo que tenham sido gravados com as próprias câmaras dos usuários… Isto quando o site oficial da F1 apenas mostra os melhores momentos das corridas e as voltas “onboard” dos circuitos do campeonato.

Chegando ao exagero do caso de Antti Kalhola: um adolescente de 18 anos, que faz brilhantes edições de vídeo de tributo ao desporto automóvel e às suas figuras. O finlandês foi suspenso do YouTube pela FOM, mas um habitante do Chipre recolocou os seus vídeos na net aqui. Além disso muitas equipas têm já contas no serviço: Renault, Ferrari, BMW, McLaren e Brawn.

Já os espanhóis da Campos, embora mais silenciosos, têm insistentes rumores de que Vitaly Petrov e Bruno Senna para o segundo carro, com ambos a trazerem patrocínios recheados. De la Rosa é um dado praticamente garantido para o 1º carro, pois além de ser espanhol e ter experiência, também tem o patrocínio da Repsol…

A equipa de Adrian Campos deverá confirmar os pilotos e a estrutura neste seu fim-de-semana caseiro. Da Manor nada se ouve, mas ninguém ainda acredita que a “equipa oficial da FIA” vá conseguir estar a postos para Melbourne…

Apesar de na inscrição oficial, a USF1 se ter inscrito com motores da Cosworth, as más relações entre Williams e Toyota poderão levar os propulsores japoneses para a equipa americana.

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: