Alternativa alemã – Lausitzring

Irá haver GP da Alemanha em 2010, sem Nurburgring ou Hockenheim?

Aquando das lutas entre a FIA e a FOTA… OK, elas ainda continuam, mas agora será mais complicada uma interferência da Federação graças ao novo Pacto de Concórdia. Mas como eu dizia, na altura em que as equipas retiraram as suas inscrições e disseram que abandonariam a F1 no final do ano, entregaram o esboço do calendário.

Nós, os portugueses, lembramo-nos muito bem, pois esse esboço tinha Portimão no calendário. Mas, devido ao facto de o Nurburgring não ter capacidade financeira para organizar a prova todos os anos consecutivamente, e do Hockenheim ter retirado a sua participação para 2010, levou a associação das equipas a escolher outro circuito para o GP da Alemanha…

Nenhum blogue levantou quaisquer publicações acerca do assunto, e eu mesmo só reparei nisso quando as “pazes” já estavam feitas. O circuito de que eu estou a falar é o Lausitzring.

Vista aérea do circuito de Lausitzring na Alemanha Oriental

O circuito que começou sendo uma mina de carvão, faz lembrar bastante Indianápolis, com o circuito principal a ser uma pista com uma recta com as tribunas mesmo ao lado, e o resto da volta a ser em áreas em que o público está mais afastado. Ao lado desta parte do complexo existe uma oval (das poucas na Europa), as bancadas têm grande capacidade. As duas pistas podem-se ligar para corridas de Endurance com 11km, mas mais vulgarmente o percurso total é usada para testes e não eventos de destaque.

Desde 2000 que o circuito tem sido usado em provas, como de DTM ou Superbikes, mas após 1 ano de competição veio uma mancha negra, levando à morte de Michele Alboreto (ex-piloto F1, para quem não sabe), e levando também Alex Zanardi a perder as pernas na oval. No entanto, nenhum destes acidentes teve a ver com o layout da pista, sendo o EuroSpeedway considerado bastante seguro.

A F3 Euroseries é uma das categorias que passa pelo Lausitzring

No vídeo que se segue, pode-se ver uma volta da A1GP em 2005, em que se torna óbvio que se a pista quiser acolher a F1, precisa ainda de algumas obras de alargamento de pista e escapatórias, pois os muros estão demasiado próximos nalguns sectores… Veja por si mesmo:

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: