A verdadeira intenção de Montezemolo

Muita água têm feito correr as palavras do presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo quando disse que preferia ter três McLarens e três Renaults, a uns “qualquer coisa” em pista para 2010…

Muitos começaram logo a preparar prós e contras da utilização de três carros da mesma equipa numa corrida. O

F1 Fanatic declarou-se contra a iniciativa, pois acredita que com mais carros, se alguma equipa monopoliza-se a frente, colocaria dois dos seus pilotos sobre ordens de equipa como nos tempos de Schumacher!

Além disso, Keith Collantine também foi muito perspicaz na interpretação do efeito prático da questão, lembrando todos que bastariam três equipas nos pontos para as outras dez ficarem atrás, e cancelarem a aventura da F1, numa cópia autêntica do que se passa no DTM…

Outros limitaram-se a enaltecer as intenções por detrás das palavras de Luca, pois o italiano tinha dito que se existisse um terceiro carro, ele daria-o a Schumacher. Todos começaram a lançar os rumores de que o presidente da Ferrari queria a toda a força roubar Schumi da reforma, mas creio que isso foi apenas uma desculpa para um propósito de “plano B”.

É que desde o início deste ano, que a Scuderia tem-se tentado livrar de Kimi Raikkonen, de modo a Montezemolo poder honrar o suposto acordo que tem com Alonso. Logo, devido ao facto de o finlandês se manter firme na decisão de não abandonar a equipa, o 3º carro deverá destinar-se a Fernando Alonso…

Rebuscado? Talvez, mas é assim que nós conseguimos arranjar pretextos para publicações. Além disso, pense que Kimi abandona a F1 (indo para o WRC, por exemplo), a Ferrari podera tentar apanhar Kubica, formando um trio de luxo composto pelo polaco, Alonso e Massa…

Mas concentre mo-nos na competição actual, pois Schumacher pode ainda participar numa corrida este ano, pois Massa só deverá estar pronto para a Singapura, e Michael pode recuperar a tempo de Spa ou Monza.

  1. Willian
    13 de Agosto de 2009 às 20:17

    Ontem eu fiz um comentário no meu blog fazendo exatamente essa observação: que a intenção de Montezemolo não é dar o lugar a Schumacher, mas garantir a ida de Alonso, já que Kimi está dificultando a saída.
    Isso é o mais provável. Ele usa Schumacher apenas como uma forma de pressão para que a ideia seja aceita. Afinal, muitos gostariam de vê-lo de volta.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: