Início > Análises, BMW Sauber, Casos, FIA, Figuras, Honda, Iniciativas do DP, Rumores > Estará a F1 a ficar sem motores?

Estará a F1 a ficar sem motores?

Estarão as montadoras a pensar a cessar o seu envolvimento na F1?

Com o abandono da BMW, a Fórmula 1 está a começar a ficar com falta de montadoras presentes, pois em reacção aos abandonos da Honda e da equipa alemã, apenas a Cosworth foi “convidada” a regressar. Será que começamos a ter falta de motores?

Voltaremos nós aos tempos em que todo o plantel era fornecido com os Ford Cosworth, e apenas a Ferrari escapava à regra? Há algum tempo atrás, antes mesmo de começar o blogue, eu dedicava-me às estatísticas e resultados de temporadas dos anos 70 e 80. Isto porque eu conheço melhor as temporadas mais recentes, já que tenho uma colecção de DVD’s dos chamados “season reviews”.

O principal problema que afecta a Fórmula 1 neste momento, é a tendência que está a voltar para as equipas independentes (as quais Mosley morre de amores por) estarem em maioria. As equipas constructoras estão a começar a desaparecer a olhos vistos, quando há uns 3 anos eram quase o dobro das independentes.

Há 3 anos, as montadoras eram o dobro das independentes

Este facto afecta os campeonatos, pois acaba por se tornar um efeito dominó. Isto porque, há medida que as montadoras desaparecem, torna-se necessário às outras equipas irem em busca de novos propulsores. Como se torna impossível convencer uma marca a ingressar na F1 quando outras estão a abandonar por problemas económicos, os independentes viram-se para os já existentes…

A sobrecarga com que os constructores presentes ficam acaba por levá-los também a abandonar. Por exemplo, este ano, apenas a BMW não fornecia uma equipa cliente. Toyota fornece Williams, Ferrari fornece Toro Rosso, Renault fornece Red Bull, e a Mercedes está a fornecer três equipas (McLaren, Brawn e Force India) ao mesmo tempo! Para o ano acredita-se que Williams deverá cortar relações com a Toyota rumando à Cosworth, o que colocará os regressados propulsores com 4 equipas para fornecer…

Ou a Fórmula 1, começa a tornar-se mais estável para as montadoras começarem a criarem motores de competição, porque já nem digo colocarem uma equipa, pois essas aventuras (Honda, BMW) não costumam correr bem, ainda que com excepções (Ferrari). É que as equipas independentes, que Mosley tanto adora, não criam os seus próprios motores…

Mosley tem que começar a criar laços com as montadoras

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: