Capa Autosport – Fim-de-semana louco na F1

À semelhança do Continental Circus decidi começar a cobrir mais o produto nacional português. Sendo mais patriota vou mostrar-vos o Autosport e o que podem encontrar nele acerca de F1 esta semana.

Acidente de Massa: Especial acerca do estado de saúde do brasileiro, com os casos de objectos voadores, tal como o Capelli, a estranha coincidência de Massa com Henry Surtees, e, mostram também quem deverá substituí-lo. Segundo eles, Badoer, Gené e Schumacher não são indicados, e que é Fisichella (!) quem o deveria fazer.

Novo pacto de Concórdia: falam também que os regulamentos da próxima época já estão definidos, e que apenas falta assinatura da FIA. Falam também que a FIA pediu à Lola para continuar o programa de F1, devido aos problemas da Manor. A promoção da última continua a levantar suspeitas, com Prodrive e Epsilon Euskadi a juntarem-se à N Technology para processar a FIA. A Williams estará a tentar reduzir bastante os custos, pois prevê-se que haja ruptura com a Toyota, e Sir Frank terá que voltar a comprar os motores da Cosworth, já não falando no abandono dos patrocinadores…

Tudo à espera: O semanário fala também que o campeonato está com muitas trocas de pilotos agendadas, com o teste de Senna com a Brawn a marcar a luta que está a haver entre ele, Barrichello, Glock e Heidfeld pelo segundo Brawn; a Williams está em busca de uma dupla nova, pois Nakajima irá com os motores Toyota e Roberg está de malas aviadas para a BMW, Barrichello e Heidfeld são os nomes dados como certos para acompanhar Nico Hulkenberg; e a renovação de Webber com a Red Bull, com o australiano a ficar apenas garantido por mais um ano (contra os 3 que ele queria), mas com cortes salariais.

Outros: Villeneuve tenta regressar à F1, Ferrari tem em curso uma revolução de balneário, Piquet e Briatore trocam palavras azedas, Montreal deverá regressar para 2010, BMW continua a apostar em 2009, USF1 entra em contactos com Wurz e de la Rosa, duas semanas com as fábricas das equipas fechadas, e Williams teve problemas na Hungria, pois o nome “Williams” estava registado por uma empresa de Budapeste… Não nos esquecendo das análises às corridas: do Autosport e as minhas dentro de breves instantes.

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: