Meio ano depois – McLaren

A McLaren tal como as outras equipas de topo de 2008, apresentou o seu carro cheia de sorrisos e ambições para com esta temporada. A motivação era muita, e porque não? A equipa tinha ganho o último campeonato e provado que sabe dominar as corridas, mesmo com a multa financeira de 2007. No entanto, há medida que os testes decorriam apercebiamo-nos de que algo estava mal; o carro rodava muitas vezes com a asa do ano anterior (mais larga e baixa). Por mais que a equipa de Woking tentasse solucionar o problema até Melbourne, os carros foram para Albert Park com sérias dúvidas de poderem conseguir sequer pontuar…Mentira penosa: Apesar de nenhum dos McLaren ter ido além da Q2, a equipa sofreu um abanão maior: após ter passado Trulli sob Safety-Car, Hamilton voltou a deixá-lo passar de novo. Até aí tudo bem… O problema é que os comissários que tinha sido o italiano a começar a acção e retirou-lhe o terceiro posto, que acabou por parar no colo de Lewis. Escusado será dizer que quando lhe perguntaram, o britânico defendeu a decisão dos comissários, pois a sua equipa tinha falhado em colocar o seu companheiro nos pontos… Mas, “mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo”; a expressão popular acenta que nem uma luva a esta situação, com as comunicação rádio de Hamilton e McLaren a não coincidirem, resltando na desclassificação do inglês, e Trulli voltou à sua posição.

Com a chegada a Sepang, Lewis pediu desculpa a Charlie Witthing pelas suas acções na prova australiana. Alguns consideraram que isto serviu apenas para tentar evitar problemas com a FIA para o piloto. A verdade é que desde o escândalo “News Of The World” que Mosley culpava a McLaren da difusão das imagens, marcando, por isso, uma audiência para 29 de Abril sobre se se deveria ou não aplicar uma maior pena à equipa de Woking. A corrida malaia também não foi muito boa para a equipa, com apenas Hamilton a marcar um ponto solitário, e Kovalainen a perder o controlo do seu carro na primeira volta…Recuperando terreno: Com a chegada à China, veio a estreia de um novo duplo difusor e de uma asa da frente melhorada. Os resultados foram bastante óbvios, com Hamilton a chegar pela primeira vez no ano à Q3, e Kovalainen na Q2, mas mais perto da passagem. Na corrida, foram andamentos distintos, enquanto Heikki fez a melhor performance do ano até agora, chegando a um impressionante quinto lugar, Lewis pareceu lutar com o próprio carro, saíndo de pista duas vezes com benefício para o seu comapanheiro e Sutil. Só recuperou a posição ao piloto da Force India quanod este se despistou, e não devido a uma ultrapassagem sua…

No Barhain, a estreia de peças novas ajudou Hamilton a uma boa qualificação e corrida, mas Kovalainen não passou da Q2 e ficou muito aquém das expectativas. Lewis voltou a ser a luz ao fundo do túnel para a equipa britânica, com uma performance que lhe poderia ter garantido um pódio, apenas perdendo duelos para Vettel e Button que tinham melhores carros que ele. Na mesma semana, e após os despedimentos de Ryan e Dennis, a equipa recebeu uma pena de três corridas sem participar caso quebrasse os regulamentos desportivos até ao fim do ano.De volta à cauda: Com a chegada a Espanha, o bom ambiente do comunicado da FIA e as performaces do Barhain depressa se diciparam ao verem o ritmo desolador dos MP4-24 na pista andaluza. O carro não era bom quase que para sair da Q1! Na corrida, Kova abandonou com problemas mecânicos, e Lewis não pontuou sofrendo mesmo a vergonha de ser dobrado por Button, quando em 2008 os papéis eram os inversos… No Mónaco, os carro ainda pareciam ter capacidade para os pontos, mas um erro de Lewis na qualificação deixou-o muito mal na corrida, não recuperando muito terreno. Heikki ainda parecia estar em rumo a três pontos que lhe valeriam muito no seio da McLaren, mas uma distracção momentâneo foi o necessário para acabar a sua corrida contra os muros de Monte-Carlo.

Na Turquia, as coisas não ficaram muito melhores com Kovalainen a conseguir passar da Q1, mas na Q2 bateu apenas Sutil, enquanto o seu companheiro cometeu uma péssima escolha de pneus para a sua volta rápida deixando-o na primeira sessão de qualificação. Na corrida não correu melhor com Kovalainen a provocar um pião de Barrichello, após uma luta interessante com ele, e Lewis deixou-se ir ao sabor do vento (quase literalmente). No prova britânica, as coisas não melhoraram com Hamilton a bater apenas Fisichella (!), e o seu companheiro teve que colocar todo o seu talento e empenho para passar da Q1… Na corrida Lewis, pareceu nem se esforçar, mas acabou mesmo assim na frente do companheiro, dando-se ao luxo de fazer uns “donuts” para o seu público no fim da corrida. Provavelmente o ponto alto da equipa em todo o fim-de-semana…Regresso dos bons resultados: Com a chegada à Alemanha, vimos a estreia de novas peças no carro, que pareceram dar resultado com Hamilton a ser o mais rápido numa das sessões de treinos. Os chassis de Woking classificaram-se muito bem, passando ambos à Q3, em quinto e sexto. A partida foi excelente para Hamilton que estava a discutir o 1º lugar com Rubinho quando Webber lhe furou o pneu traseiro… Ainda que tenha continuado, qualquer hipótese do inglês aproveitar a corrida perdeu-se aí. O ponto que Kovalainen trouxe soube a muito pouco…

Estará a equipa, de regresso à forma do ano anterior já na Hungria, ou terá sido a prova alemã que deu uma falsa impressão do McLaren? O que se sabe é que a corrida no Hungaroring vai ser decisiva para mais de metade dos pilotos e equipas saberem se devem continuar a investir neste ano…

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: