Arquivo

Archive for Julho, 2009

De malas aviadas

31 de Julho de 2009 Deixe um comentário

As notícias vêm de Itália (e de Hungria): Schumacher testou em Maranello o Ferrari F2007 de Felipe Massa, na temporada de 2007. Como os testes este ano estão proibidos, o carro foi “emprestado” por um milionário que havia comprado o carro. O alemão tem ainda (confirmado à pouco) um teste com o Ferrari deste ano, pois as equipas da FOTA concordaram, pois não querem ter um piloto que não consegue controlar o carro na pista de Valência…

Felipe Massa continua no seu estado brincalhão, recebendo alta na próxima segunda-feira. O brasileiro ainda brincou com Barrichello, dizendo: “Porra, tinhas logo que me acertar na cabeça?”

Quem também vai estar parado durante algum tempo sou eu, porque vou finalmente sair de Lisboa nestas férias de Verão. Finalmente vou sair do ambiente citadino para algo mais rural, mas com esse ambiente vem também uma pausa nas publicações, que voltarão 2ª feira.

Schumacher de volta!

30 de Julho de 2009 1 comentário

Após muitos rumores que colocavam como substituto de Massa, nomes de Fisichella a Liuzzi, chegou agora a notícia de que Michael Schumacher irá pilotar o Ferrari F60 para os GP’s da Europa, Bélgica e Itália. Apesar de várias vozes ligadas ao alemão terem dito que era impensável o hepta-campeão do mundo substituir Felipe Massa devido ao aumento de peso, e nunca ter pilotado o F60, Schumacher vai mesmo para Valência.

A atitude da Scuderia, pode-se dizer, foi generosa para com os organizadores de Valência. Isto porque sem Alonso com a suspensão da Renault, Fisichella ou Liuzzi muito dificilmente atraíriam público ao circuito citadino. Agora, com o piloto mais bem sucedido da história da F1, o caso muda de figura. Esperemos que este ídolo não tenha a mesma sorte que o do ano passado, quando Alonso (atracção máxima) acabou a corrida na primeira volta…

Para já não podemos pedir nada ao alemão, porque: já não compete desde 2006, nunca pilotou o F60, tem ao seu lado o “Iceman”, que embora não esteja nos melhores dias, é um adversário a ter em conta. No entanto, não podemos ter muitas esperanças já para o GP da Europa, porque Schumacher está num carro que nunca pilotou, e num circuito que nunca pilotou. Portanto, é capaz de ser interessante vê-lo debater-se com os jovens, mas não podemos esperar muito dele.



BMW abandona F1

29 de Julho de 2009 Deixe um comentário

Seguindo o exemplo da Honda no final da pretérita temporada, a equipa BMW Sauber decidiu tomar a decisão de não participar no próximo campeonato, após uma reunião na sede em Munique. A equipa teve em conta os objectivos estabelecidos para esta temporada e o que aconteceu até agora: a equipa deveria estar a lutar pelo título, mas em vez disso está a lutar por permanecer no meio do pelotão (mesmo assim, não está a ser bem sucedida).

Aproveitando, tal como a Honda, a desculpa da crise mundial a equipa abandonou a F1. Não se sabe ainda se a equipa irá para venda, ou se vai mesmo retirar-se a 100%, colocando centenas de trabalhadores no desemprego. Se a última hipótese suceder, será a primeira vez desde 2002 que uma equipa não será sequer vendida. Mais uma dor de cabeça para a FIA que tentará agora convencer uma das equipas excluídas que não tenha decidido processar a Federação. Vai ser complicado…

Resta saber também o que acontecerá aos pilotos, pois se Heidfeld já procura alternativas, o mesmo não se pode dizer de Kubica que deverá abrir o interesse de muitas equipas, com mais uma bomba no mercado de pilotos…

ING Magyar Nagydíj 2009 – Corrida

29 de Julho de 2009 Deixe um comentário

Após um dos mais emocionantes GP’s da Hungria, se é que isso existe no Hungaroring, Lewis Hamilton conquistou o melhor resultado da temporada, devendo também aliviar a pressão que a equipa tinha nos seus ombros após os brilhantes resultados da Brawn terem tentado a Mercedes. O britânico aproveitou da melhor maneira o KERS na largada, e assim que percebeu que era a melhor hipótese de uma vitória nesta temporada, Lewis passou Webber por fora e perseguiu Alonso até este abandonar, chegando a ter uma liderança de 15s. O seu companheiro foi menos impressionante, pois com dois abandonos à sua frente, ganhou apenas uma posição, ganhando mais pontos dentro da equipa do que na prova…

Na Ferrari, o acidente de Massa na qualificação, deixou um ambiente pesado, com a equipa a prestar-lhe homenagem antes da largada com uma placa: “Força Felipe, estamos sempre contigo”. Raikkonen deve-se ter sentido na obrigação de animar a equipa, pois fez uma brilhante performance, agressiva (valeu-lhe uma investigação dos comissários) e digna do Iceman que foi em tempos. A Renault parecia estar no caminho certo para, pelo menos, um pódio, mas uma roda mal aparafusada valeu a suspensão para o próximo GP. Assim que o espanhol abandonou, Briatore abandonou o seu posto, pois, na sua opinião, por Piquet não valia a pena ficar… O brasileiro deverá mesmo ser substituído por Grosjean para Spa.

Nos candidatos ao título, Webber foi o melhor classificado numa corrida em que foi excessivamente cuidadoso, perdendo a oportunidade de diminuir a margem de Button e aumentar a vantagem para Vettel que abandonou com problemas de suspensão como resultado do toque de Raikkonen. A Brawn fez pior, numa corrida em que devia ter voltado a ganhar, Jenson Button voltou a não conseguir andar bem, ficando com apenas dois pontos e uma liderança pontual muito magra. Barrichello não conseguiu recuperar da má qualificação, ganhando duas posições apenas por abandonos. A Williams está cada vez melhor com Rosberg a chegar num quarto posto, não ameaçado por Kovalainen. Nakajima é que não está a dar o que devia, e mesmo pressionando Trulli nas últimas voltas, continua a zero no campeonato, enquanto o seu companheiro faz exibições brilhantes.

Os dois Toyota recuperaram bem após a péssima qualificação, num circuito onde é complicado ultrapassar, conseguindo entra nos pontos, com Glock a bater Trulli. Toro Rosso e Force India não tiveram tantas melhoras como o esperado com Buemi a ser batido por Alguersuari, e Fisichella não impressionou após o abandono do seu colega. Kubica perdeu a paciência com a equipa, pois o polaco não gostou do facto de a equipa quase ter celebrado o facto de terem sido mais rápidos na corrida que na qualificação… O comunicado do abandono da F1, mesmo assim, apanhou todos de surpresa, pois esperava-se que Toyota ou Renault o fizessem primeiro.

Capa Autosport – Fim-de-semana louco na F1

28 de Julho de 2009 Deixe um comentário

À semelhança do Continental Circus decidi começar a cobrir mais o produto nacional português. Sendo mais patriota vou mostrar-vos o Autosport e o que podem encontrar nele acerca de F1 esta semana.

Acidente de Massa: Especial acerca do estado de saúde do brasileiro, com os casos de objectos voadores, tal como o Capelli, a estranha coincidência de Massa com Henry Surtees, e, mostram também quem deverá substituí-lo. Segundo eles, Badoer, Gené e Schumacher não são indicados, e que é Fisichella (!) quem o deveria fazer.

Novo pacto de Concórdia: falam também que os regulamentos da próxima época já estão definidos, e que apenas falta assinatura da FIA. Falam também que a FIA pediu à Lola para continuar o programa de F1, devido aos problemas da Manor. A promoção da última continua a levantar suspeitas, com Prodrive e Epsilon Euskadi a juntarem-se à N Technology para processar a FIA. A Williams estará a tentar reduzir bastante os custos, pois prevê-se que haja ruptura com a Toyota, e Sir Frank terá que voltar a comprar os motores da Cosworth, já não falando no abandono dos patrocinadores…

Tudo à espera: O semanário fala também que o campeonato está com muitas trocas de pilotos agendadas, com o teste de Senna com a Brawn a marcar a luta que está a haver entre ele, Barrichello, Glock e Heidfeld pelo segundo Brawn; a Williams está em busca de uma dupla nova, pois Nakajima irá com os motores Toyota e Roberg está de malas aviadas para a BMW, Barrichello e Heidfeld são os nomes dados como certos para acompanhar Nico Hulkenberg; e a renovação de Webber com a Red Bull, com o australiano a ficar apenas garantido por mais um ano (contra os 3 que ele queria), mas com cortes salariais.

Outros: Villeneuve tenta regressar à F1, Ferrari tem em curso uma revolução de balneário, Piquet e Briatore trocam palavras azedas, Montreal deverá regressar para 2010, BMW continua a apostar em 2009, USF1 entra em contactos com Wurz e de la Rosa, duas semanas com as fábricas das equipas fechadas, e Williams teve problemas na Hungria, pois o nome “Williams” estava registado por uma empresa de Budapeste… Não nos esquecendo das análises às corridas: do Autosport e as minhas dentro de breves instantes.

Forza Felipe!

27 de Julho de 2009 Deixe um comentário

Circulou durante todo o dia, que Felipe Massa, após o seu grave acidente anteontem no Hungaroring na sessão de qualificação, poderia nunca mais pilotar um carro de F1, devido aos danos provocados ao seu olho esquerdo.

Mais tarde, foi dito que o piloto estava a recuperar bem, e que tinham esperança nas possibilidades do piloto recuperar a 100%. A verdade é que as notícias são cada vez mais diversas, com o piloto a ser alvo de muitos rumores acerca do seu fururo. Se querem mesmo seguir passo a passo as melhoras do brasileiro, aconcelho-vos a verem as sucessivas actualizações de Jorge Alexandre Lopes no seu blogue.

Circulam ainda rumores de que o ferrarista poderá (será, pois estima-se a recuperação possa levar, no mínimo, dois meses) ser substituído até ao fim da temporada. Os rumores sobre quem será sucedem-se, indo desde Schumacher até Gené, passando por Liuzzi (?) e Bourdais (?!). Estes dois últimos por serem geridos por Nicolas Todt…

Se quer acompanhar o Felipe e fazer a diferença, acesse à conta do Twitter recentemente criada em sua honra: Forza Felipe (à qual Bruno Mantovani já fez um logo, em cima). A ideia é entregar a conta do Twitter ao próprio brasileiro quando ele recuperar, angariando seguidores e mensagens de felicitações. Adira, e veja os acontecimentos que causaram tudo aqui.




Renault suspensa

26 de Julho de 2009 Deixe um comentário

A equipa francesa vai ser suspensa do próximo GP da Europa, após os incidentes envolvendo a roda solta de Fernando Alonso. Após a situação do reabastecimento do espanhol em que um mecânico não aparafusou como deve ser a roda dianteira direita do R29 o que levou a que a protecção da jante perfurasse o pneu, arremessando-o contra a barreira, e obrigando o piloto a voltar às boxes, mas acabou por abandonar.

A suspensão será de apenas uma corrida, mas poderá complicar as aspirações de Pat Symonds em chegar a terceiro lugar no campeonato de constructores, obrigando a equipa de Enstone a “saltar” o GP da Europa em Valência, ou seja, logo na casa de Fernando Alonso. Isto para além de afectar a Renault no campeonato, deverá também afectar a atendência do público ao paddock valenciano, pois sem o ídolo principal, Alguersuari não deverá chamar muitas atenções… A penalização foi colocado pois, a equipa não avisou o piloto do que se estava a passar por rádio.

No entanto, antes que julguemos a decisão da FIA, devemos pensar no que aconteceu na F2 em Brands Hatch a Henry Surtees. F1_Girl no Twitter foi rápida no gatilho:

“Para aqueles que questionam a suspensão da Renault: se aquela roda tivesse acertado noutro carro ou piloto, continuaria a achar injusta a penalização imposta?”

Bem jogado.

Actualização: A equipa vai apelar da decisão da FIA, com uma audiência marcada durante o período de “férias” da F1. A equipa já pagou os 6000€ de apelo.