ING Turkish Grand Prix 2009 – Qualificação

Quanto todos nós achávmos que era impossível alguém conseguir bater o ritmo dos Brawn, que a Red Bull tinha perdido o ritmo, e que a Ferrari era agora o mais sério adversário à equipa de Brackley, chega Vettel e dá-nos alguma espectactiva para um campeonato mais equilibrado. O alemão fez uma brilhante pole, vejamos por ordem cronológica: Webber faz o tempo mais rápida, mas logo de seguida, Button e Barrichello ganham o 1º e 2º lugares respectivamente. Quando já parecia impossível alguém fazer melhor, e pareciam que iriamos ter outra dobradinha Brawn, Vettel faz o melhor tempo nos instantes finais. Webber ainda não conseguiu bater o seu companheiro em qualificação este ano, e Rubens volta a ficar atrás de Button num circuito que, à semelhança de Mónaco, tinha mais historial que o inglês.Na Ferrari ficou-se com a sensação que se poderia ter ido mais além após o terceiro treino livre de Massa. Além disso, apenas os dois pilotos da Scuderia alguma vez ganharam no circuito turco, o que fez o 6º e 7º lugares saberem a muito pouco. Rosberg voltou a ganhar fama de “Friday Master”, mas voltou a não se qualificar bem, ficando apenas no nono posto, no entanto o seu companheiro de equipa tem vindo a melhorar o rendimento, rodando sempre próxima dos primeiras, apesar de não ter saído da Q2. Na Renault mais do mesmo: Alonso levou o seu camião à Q3 (apesar de um susto na curva 8), e Piquet que saiu de pista nas suas duas voltas mais rápidas ficou apenas na Q1…A BMW decerá continuar a apostar em 2009, após as modificações introduzidas terem surtido os seus efeitos, com a equipa de Hinwill a classificar-se muito melhor que no Mónaco, levando mesmo Kubica à última posição da Q3, com Heidfeld mesmo atrás. Na McLaren sucedeu o oposto: os monolugares parecem ficar mais lentos a cada corrida que passa… Hamilton fez uma péssima decisão de levar pneus duros para a sua última tentativa, e permanceceu na Q1; o seu companheiro de equipa não fez muito melhor, pois apesar de ter passado à Q2, só bateu Sutil nessa parte. O alemão da Force India fez uma condução brilhante, em que aproveitou muito bem os erros dos outros para partir mais à frente, ao contrário do seu companheiro de equipa, e dos dois Toro Rosso que andaram sempre na cauda do pelotão.

  1. Hugle
    7 de Junho de 2009 às 1:08

    É a coisa está feia para o lado prateado, com certeza é hora de pensar em um novo projeto, pois esse é sem solução.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: