Pesos e medidas

Nico Rosberg juntou a sua voz ao coro de críticas contra o sistema KERS, não pela sua perigosidade ou pelos seus custos, mas pelas implicações que traz para os pilotos mais pesados.
O piloto alemão critica a actual regra de peso mínimo obrigatório, que é de 605kg com o piloto incluído, justificando que o peso do KERS irá colocar os concorrentes mais altos e mais pesados em desvantagem, uma vez que os 25 a 40kg do KERS dificultam a distribuição de peso do chassis. Para Rosberg, essa situação já o obrigou a fazer uma dieta.
“Já perdi peso e até no Natal eu estava a contar as calorias que ingeria. Penso que a regra do peso mínimo é injusta porque os pilotos maiores e mais pesados estão em desvantagem mesmo antes de começarem”, disse Rosberg à revista Speedweek, acrescentando que “isto deveria ser discutido na GPDA (Associação de Pilotos)”.
Em seu lugar, o jovem alemão advoga que deveria ser imposto um limite variável, baseado no peso de cada piloto, para que os mais pesados não fiquem em desvantagem.
Até agora, sabe-se que Nico Rosberg, Robert Kubica, Kimi Raikkonen e Fernando Alonso perderam algum peso para se adaptarem a esta nova realidade. No entanto, Kubica já está no seu limite de peso, encontrando-se abaixo dos 70kg para o seu 1.85m.

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: