Início > Aspirções, Ferrari, Figuras, Sebastien Vettel > Novela: Vettel e a Ferrari

Novela: Vettel e a Ferrari

A par da novela protagonizada por Fernando Alonso e a Ferrari, parece que está para nascer uma outra com Sebastien Vettel e a equipa italiana. Isto porque a cada entrevista que concede, o jovem alemão é constantemente questionado sobre a hipótese de vir um dia a pilotar um dos monolugares de Maranello.
Apesar desse ser um dos seus objectivos para o futuro, Vettel explicou que se sente bem na Red Bull, equipa com a qual irá competir em 2009.
“Não há qualquer problema na passagem da Toro Rosso para a Red Bull. É um passo na continuidade”, referiu o jovem piloto ao jornal Welt am Sonntag, que explicou depois o que espera de 2009.
“Todas as equipas vão começar do zero com as novas regras, mas a McLaren e a Ferrari deverão permanecer como as mais rápidas. Na próxima temporada o mais difícil serão as sextas e sábados dos fins-de-semana de GP, porque vão ser a única oportunidade de desenvolvimento do carro”, afirmou Vettel.
“Tornas-te dependente dos engenheiros, com quem a comunicação vai ser ainda mais crucial. Temos de trabalhar ainda mais racionalmente e de forma mais precisa do que anteriormente e estabelecer objectivos precisos”, precisou o alemão que muitos já comparam a Michael Schumacher. E se o heptacampeão obteve uma fatia significativa do seu sucesso com a Ferrari será que Vettel também o poderia fazer?
“Um piloto só se pode tornar [campeão do mundo] ao volante dos melhores carros. E a Ferrari já mostrou que sabe fazê-los. Eles irão estar sempre nos lugares da frente, porque dispõem de meios completamente diferentes dos nossos. Mas sempre foi o meu objectivo poder pilotar um Ferrari um dia”, começou por responder o alemão, frisando que a Red Bull é uma boa escolha para 2009.
“Mas a continuidade também é muito importante e foi por isso que escolhi a Red Bull”, lembrou. Termina, contudo, com uma nota humorística. “Além disso, não sei se o Schumacher vai dar uma palavrinha por mim. Espero poder fazer a minha própria sorte”, referiu.

Se Vettel tem talento para pertencer à “Scuderia”, isso nem está em questão. Mas, não nos podemos esquecer que ele tem de contar com dois ex-campeões do mundo (Alonso e Raikkonen) e com a estrela do ano passado Felipe Massa, todos com muito espaço para criar ondas na equipa italiana.

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: