Início > Aspirções, Sebastien Vettel > Vettel quer título

Vettel quer título

Um dos protagonistas do Mundial de Fórmula 1 de 2008, o alemão Sebastien Vettel voltou a frisar que não quer ser rotulado de “novo Schumacher, mas sim como o ‘novo Vettel'”. Garante, no entanto, que a Ferrari já passou pelas conversas de ambos e que o seu objectivo máximo é tornar-se campeão do mundo.
O alemão, vencedor mais jovem de sempre de uma prova de F1, reforçou em entrevista ao jornal Gazzetta dello Sport que não quer ser comparado com o heptacampeão do mundo da modalidade, mas admite que a Ferrari já foi um dos temas de conversa com Schumacher, embora não de forma muito profunda.
“Não falamos muitas vezes”, começou por referir quando questionado sobre qual a sua relação com Schumacher. “Obviamente, a imprensa gosta de especular porque somos ambos alemães mas não gosto que digam que sou ‘o novo Schumacher’. Eu sou o novo Vettel!”, acrescentou, admitindo que “falamos de tudo sobre o automobilismo, desde karts até à Ferrari”.
Vettel garante, ainda, que nada mudou com a sua vitória em Monza: “Certamente, vencer um grande prémio dá-nos uma grande confiança para vencer outros e o título, mas continuo o mesmo”, explicou, lembrando que a temporada de 2008 não foi “incrível mas foi certamente muito boa”.
“Se a esperava? Não muito, na verdade, a começar pelo facto de termos começado a época com uma versão modificada do carro de 2007. No entanto, a equipa cresceu toda junta e a vitória de Monza foi um empurrão para todos, que durou até ao final da época”, explicou Vettel, que espera um 2009 não muito diferente das últimas épocas.
“Uma grande mudança [nos regulamentos] deveria ter efeitos evidentes na grelha e na pista. Mas as equipas com mais recursos acabarão por prevalecer, pelo que os favoritos são sempre os mesmos”, observou Vettel, que não coloca a Red Bull nesse lote.
“Será um ano interessante por causa das alterações técnicas e de regulamento, e para mim em particular que vou para uma nova equipa. Na qual o meu objectivo é sempre dar o melhor. E muito dependerá da qualidade da máquina e do trabalho da equipa”, referiu o jovem alemão, que não teve qualquer inveja do título conquistado por Lewis Hamilton.
“Não, nenhuma inveja. O Lewis fez um grande trabalho, marcou mais pontos e mereceu o título. Em Interlagos não pensei no título mais do que noutras vezes, simplesmente porque esse sempre foi o meu objectivo”, concluiu.

Talento, acima de tudo.
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: